logo

Direito de Rimar

18
by Gêneses dos reis, 3 semanas atrás
0 0
Tags: , , , , , , , , , , ,
Direito de Rimar é o primeiro clipe do Manual Prático de Malandragem Vol.2, do rapper Pevirguladez. O universo dos Saraus, a poesia de Mel Duarte e seu coletivo Slam das Minas permeiam essa busca pela liberdade de expressão e o direito de espalhar sua arte pelo mundo sem restrições ou entraves. O intérprete e sambista Wantuir Oliveira é outra participação memorável neste trabalho.

Direção: Higor Cabral
Câmera: Camila Guimarães e Higor Cabral
Edição: Higor Cabral
Cor: Camila Guimarães
RoloB

Letra e concepção - Pevirguladez
Arranjo e Produção Musical - Bruno Danton
Bateria - Tomás Rosati
Percussão - Anderson Pepe
Baixo, Teclado, Guitarra, Violão - Bruno Danton.
Cavaco - Paulinho Balthazar
Trombone - Jonas Corrêa
Flauta - Karina Neves
Voz refrão - Wantuir
Voz feminina - Carol Netto
Mixagem e Masterização: Luiz Café
Arte - MarkinD3

www.twitter.com/pevirguladez
www.facebook.com/pevirguladez
www.instagram.com/pevirguladez_canelafina

Página Facebook: @pevirguladezcanelafina
https://open.spotify.com/artist/7tbkuXPN6Xeut36Bw1LoMs#_=_

Disponível em todas as plataformas musicais!

Letra:

Farejo falsários forjando farturas
Finco fé, faço força, firo os firulas

Filosofo, fraseio, fascino figuras
Finjo falares, fujo das viaturas

Sem teto, sem carro, sem grana, sem saco
Dobro becos, durmo em bares, doce doçura desbravo

Rimador, frasista nato, esse é o princípio dos fatos
Não pretendo ser patrão, não pretendo ser um rato

Festejando meu flow, fina formosura
Frustrei Flagrantes, enfureci censura...

Sistema quer sistemar, cercear meu cerebrar
Comandar meu circular, Cessando meu criar

Eu teimo em ter, eles temem em te tragar
Desejam te deter, eu solfejo teu propagar

Minha droga é você, seja então meu curar
Meu São Jorge, axé, mangalô, patuá

Eles podem atrasar, deixar lento o caminhar
Mas não vão impedir o meu direito de rimar

É proibido sonhar, então me deixe o direito de rimar
É proibido sonhar, então me deixe o direito de rimar
Meganha cê não me ganha conheço sua artimanha
Queres me levar em cana, mas antes tenta barganha

Meu caráter te arranha, minha rima não é fanha
Tipo Caju e Castanha, não preciso de campanha

Você só pensa em grana, tremendo saco de banha
Seu respeito tá na lama, todo mundo te estranha

Sua alma corrompida nunca teve uma façanha
Quando eu solo com meus versos você logo se acanha...

Pela perifas do Brasil, a rima ruge igual fuzil
Rangendo raiva, revolta que não se resolve com rivotril

Rasgam ideias na mente, abastecendo o colt
Pra disparar rimas agéis que nem Ulsain Bolt

Salve os Saraus, Slams, sementes sãs
Rinhas, rodas, batalhas, salve os artesãs

Poeta, prosador, slammer, professor
Seja um griô das ruas, seja rimador

Recomendado

Featured
Featured
Featured
Featured
Featured

View More

 

Login

Remember me

web-radio

radio
radio
radio

© 2004-2017 Equipe AD iretoria Hip Hop. .:|:. © 2017 Itanhangá Web Shoping.
Endereço: Rua E05 Quadra 63 Lote 21 Casa 02 CEP 75690-000 Estância Itanhangá - Caldas Novas Goiás. CPF/CNPJ: 010.575.301-74.
Contato: +55 64 9 9249 6719 Claro Whatsapp / +55 13 9 9647 6614 Vivo. E-mail: eadhiphop@equipeadiretoria.com
All Rights Reserved.

Please publish modules in offcanvas position.